Quantas tomadas devo ter em cada cômodo?

Quantas tomadas devo ter em cada cômodo?

Cada cômodo da sua casa pode precisar de um número específico de tomadas para atender a demanda. Mas como descobrir o número mágico para cada ambiente?

Bem, alguns pontos devem ser observados na hora de construir, reformar e também na hora de escolher seu novo lar, pois cada vez mais temos novos aparelhos eletrônicos em casa e a utilização de benjamins e réguas de compartilhamento de energia podem ser desconfortáveis e perigosos em alguns casos. São estes, inclusive, muitas vezes os responsáveis por má distribuição de energia e até por aumentar sua conta de luz. O mais indicado nessas horas é consultar a norma NBR 5410, referente ao uso de tomadas em cada ambiente.

Há imóveis em que o lema “quanto mais, melhor” é levado a sério, e existe uma quantidade grande e suficiente de tomadas em cada cômodo. Mas também existem locais com poucas tomadas, gerando um estresse posterior ao morador. Especialistas indicam como ideal uma tomada a cada 6m². Mas cuidado: aplicar essa regra ao pé da letra pode trazer problemas dependendo do local. Uma tomada em cada parede de uma sala de TV possivelmente causará problemas futuros, pois não haveria espaço para ligar outros eletrônicos como home theater, video games, aparelhos de tv a cabo e etc. Portanto, na sala, invista em um sistema de distribuição de energia mais robusto com mais tomadas para que nenhum aparelho fique sem uma tomada de uso individual. 

Como sabemos, os aparelhos eletrônicos se multiplicam com o passar dos anos, e nos quartos também é necessário que a distribuição de tomadas seja pensada estrategicamente. Prefira instalá-las, se possível, próximo aos criados-mudos, uma vez que alguns aparelhos eletrônicos podem ter lugar fixo nestes locais. Veja também onde ficará a TV e outros aparelhos. 

A cozinha abriga eletroeletrônicos e itens de linha branca (geladeira, fogão, freezer, entre outros) e demanda uma estratégia ainda mais específica. Neste ambiente é fundamental que se faça as contas de quais eletrodomésticos você irá utilizar e também avaliar a voltagem e a amperagem de cada eletro. Dessa forma você não corre o risco de danificar seus aparelhos e/ou sobrecarregar a rede de energia.

Evite o uso de transformadores, além de representar um gasto superior de energia, esse tipo de solução pode danificar seus aparelhos.

Assim como a cozinha, os banheiros também merecem especial atenção. Afinal, além de itens eletrônicos de uso cotidiano, como secadores, barbeadores e etc, as instalações das tomadas neste ambiente devem ficar longe do contato com a água. Assim, considere ao menos duas tomadas na região da pia pelo menos mais duas próximas aos interruptores de luz.

E por fim, na área de serviço, considere a voltagem dos equipamentos e avalie a possibilidade de novos eletrodomésticos no futuro. Ninguém sabe quando você poderá comprar aquela secadora de roupas que você sempre quis, por exemplo.

Você sabe que acabamentos de qualidade podem valorizar seu imóvel?

Você sabe que acabamentos de qualidade podem valorizar seu imóvel?

Sabia que acabamentos de qualidade podem valorizar ainda mais o seu (...)

Quais os melhores bairros para morar em São José dos Pinhais?

Quais os melhores bairros para morar em São José dos Pinhais?

São José dos Pinhais faz parte da Região Metropolitana de Curitiba! (...)

Vale a pena investir em imóveis durante a pandemia?

Vale a pena investir em imóveis durante a pandemia?

Na hora de investir em um imóvel, é necessário analisar qual (...)